Menu Close

Métricas de SEO para Pequenos Negócios

Por que é importante definir métricas de SEO para Pequenos Negócios

Métricas de marketing digital podem ser um “pesadelo” para gestores de marketing de pequenos negócios. Mas são vitais para se chegar ao sucesso em SEO! Parte do processo de análise de resultados do SEO é feita com a análise do posicionamento nos resultados orgânicos e da qualidade do tráfego gerado a partir de palavras-chave e conteúdos específicos. Em seguida é avaliado o comportamento desse tráfego no site.

Essas análises permitem avaliar a qualidade do conteúdo e o impacto do SEO na geração de leads e vendas, identificando palavras-chave e conteúdos com maior volume de conversão.

Vou apresentar as principais métricas de SEO que podem ser avaliadas no Google Search Console e Google Analytics e como utilizar essas métricas para reposicionar as estratégias de SEO. 

Comportamento de Compra Online e Jornada Multicanal

Depois do SEO acredito que o assunto mais comentado aqui no blog seja o comportamento de compra online e a jornada multicanal. É um assunto que procuro sempre que possível falar sobre. Ao longo dos mais de 16 anos prestando consultorias de SEO para micro e pequenos negócios pude identificar que a compreensão de conceitos de marketing digital acabam dificultando muito as tomadas de decisão dos gestores e isso geralmente causa impacto negativo nos resultados.

Compreender o comportamento de compra online e a jornada multicanal permitirá medir os resultados das campanhas de marketing digital e SEO de maneira assertiva, sem achismos e sem ilusões. Eu sempre digo que não há atalhos no SEO, construção de autoridade é algo que exige um posicionamento em diversos canais digitais além da busca do Google. Quantas vezes já nos deparamos pesquisando no Google algum assunto que vimos em algum compartilhamento no Facebook ou Instagram? Isso demonstra o quanto é necessário compreender o comportamento do consumidor online.

O comportamento de compra online é dividido em 3 momentos ou etapas: reconhecimento de marca, consideração de marca e decisão de compra.

Reconhecimento de marca – o primeiro momento do comportamento de compra online é quando buscamos referências de marcas que podem resolver algum problema ou realizar algum desejo. Na busca do Google é quando os usuários pesquisam por palavras-chave mais genéricas e amplas relacionadas ao problema ou desejo.

Exemplos de buscas relacionadas a restaurantes e volumes de busca em Junho 

  • restaurantes (Porto Alegre)  12.100 buscas em Junho
  • restaurantes (São Paulo) 201.000 buscas em Junho
  • restaurantes (Florianópolis) 9.900 buscas em Junho
  • restaurante perto de mim (Brasil) 22.200 buscas em Junho

Exemplos de buscas relacionadas a marketing digital

  • marketing digital (Porto Alegre) 2.900 buscas em Junho
  • otimização de site (São Paulo) 1.900 buscas em Junho
  • marketing digital (São Paulo) 27.100 buscas em Junho
  • marketing digital (Florianópolis) 1.600 buscas em Junho

Consideração de marca – o segundo momento do comportamento de compra online é quando comparamos marcas, buscando filtrar aquelas que podem ser a melhor opção para nossos problemas ou desejos. Após um aprofundamento em conteúdos começamos a fazer buscas mais específicas além de conteúdos que nos permitam comparar uma marca frente a outra.

Decisão de marca – o último momento do comportamento de compra é quando buscamos por informações e conteúdos que mostrem quais as vantagens na aquisição do produto ou serviço. Isso pode ser preço, tempo de garantia, personalização do produto ou serviço, ou outras vantagens que nos levem a decidir a compra. Geralmente nessa etapa as buscas já são mais relacionadas às marcas e modelos dos produtos e serviços.

Utilizando o Google Search Console para buscar melhores posições

O Google Search Console é uma ferramenta que disponibiliza relatórios e funcionalidades que permitem uma análise detalhada das páginas indexadas no Google, além de diagnosticar e auxiliar em correções de problemas do site na indexação.

Volume de impressões

Uma impressão ocorre quando uma url do site é exibida em um resultado orgânico para o usuário. É importante observar o volume de impressões de palavras-chave e urls de conteúdos de importantes. Acompanhar o volume de impressões em relação à posição média nos resultados pode ser um indicador potencial de conteúdos para produção.

Volume de cliques

Todo clique em um resultado que leva a uma página fora do resultado orgânico é contabilizado no volume de cliques. Acompanhar o volume de cliques é importantes para identificar o potencial de aquisição de tráfego orgânico para as palavras-chave e páginas importantes para o SEO.

Posição média

A posição média de uma palavra-chave ou página é importante para avaliarmos se a estratégia de SEO está no caminho certo. Por isso, verificar o volume de cliques e impressões junto a posição média é um bom indicador para avaliar se as palavras-chave definidas como metas do SEO realmente valem o esforço.

CTR

CTR é a taxa de cliques calculada dividindo o volume de cliques pelo volume de impressões. É uma maneira de avaliar o sucesso do SEO nos resultados orgânicos. CTR’s altos são bons, mas é necessário buscar bons CTR’s para palavras-chave com impacto real na geração de leads e vendas. Por isso o Google Analytics acaba sendo uma ferramenta complementar para avaliar os resultados gerados a partir do posicionamento orgânico. O Google Search Console pode ser integrado ao Google Analytics possibilitando fazer análises ainda mais detalhadas do comportamento do tráfego orgânico.

Utilizando o Google Analytics para analisar o comportamento do tráfego orgânico

O Google Analytics é uma ferramenta completa de web análise. Com ela é possível analisar o comportamento do tráfego de um site ou aplicativo. É através do Google Analytics que podemos avaliar a qualidade do conteúdo e com isso reposicionar o planejamento e estratégias de SEO.

Taxa de Rejeição

Taxa de rejeição é quando um usuário em uma sessão visualiza apenas uma página única. Uma rejeição pode ser quando um usuário visualiza uma página e sai do site, não acessando outras páginas.

A taxa de rejeição é uma boa maneira de avaliar a qualidade do conteúdo. Mas para isso é necessário a disponibilidade de mais conteúdo relevante para o usuário. Produzir conteúdos em clusters é uma boa maneira de ter conteúdos linkados de maneira relevante e fluida.

Tempo médio do usuário na página

O tempo médio do usuário na página é uma maneira de medir a qualidade do conteúdo. Sempre indico aos clientes marcar num cronômetro o tempo de leitura total do conteúdo, em uma leitura com pausa e sem pressa. 

É importante levar em conta que conteúdos com grande densidade de palavras podem levar um tempo maior para uma leitura completa e que por isso talvez mais de uma sessão seja necessária para a leitura. 

Média de visualizações de páginas

A média de visualizações de página está muito relacionada à taxa de rejeição. Por isso é importante ter um volume de conteúdo relevante considerável disponível no site e em uma estrutura de links fluida para estimular a navegação do usuário. Com isso a média de visualização de páginas por usuário pode ser maior além de ter uma taxa de rejeição mais baixa.

Taxa de retorno de usuários

Se o conteúdo for bom e original, entregando realmente algo que outros conteúdos relacionados não entregam, as chances do usuário retornar é maior e isso pode ter impacto na geração de leads e vendas.

Uma dica para aumentar a taxa de retorno dos usuários ao site é definir um planejamento de produção de conteúdo levando em conta a jornada de compra online. Sabendo-se das principais dúvidas que os usuários vão ter ao longo da jornada é possível produzir conteúdos que respondam a essas dúvidas participando de forma mais ativa do processo de decisão de compra.

Gerando insights para gerar melhores resultados orgânicos

Após a análise do comportamento do tráfego e de identificar melhorias necessárias na produção de conteúdo é importante monitorar o impacto dos conteúdos e melhorias na geração de leads e vendas.

Funil multicanal

O funil multicanal mostra os caminhos que levaram a conversões no site. As origens que levaram os usuários a conversão são registradas e mostradas em um modelo de fluxo até o último clique que antecede a sessão de conversão.

Para visualizar os relatórios de funil multicanal é necessário que as metas tenham sido criadas e configuradas no Google Analytics.

Com os relatórios de funis multicanal é possível compreender como as campanhas de marketing digital se relacionam para gerar mais conversões. Muitas campanhas têm como objetivo direcionar usuários para o site, seja campanhas no Facebook e Instagram, assim como tráfego orgânico das buscas no Google. Muitos usuários interagem com mais canais com a marca e site até que decidem pela compra. Esse caminho pode ser visualizado nos relatórios de funil multicanal.

Diversas informações importantes podem ser obtidas através desses relatórios, tais como o tempo até uma conversão depois do primeiro acesso ao site, quantidade de conversões que um canal participou, quais campanhas geram tráfego qualificado, etc.

Conversões assistidas vs conversões de último clique

Como muitos usuários acessam o site por mais de um canal, é importante identificar em qual momento da jornada de compra on-line cada canal atua com maior influência. Os relatórios de funil multicanal podem mostrar isso separando os canais em conversões assistidas e conversões de último clique. Com isso fica mais fácil ajustar campanhas e planejamento de produção de conteúdo para SEO. 

Filtro página de destino

Os relatórios também permitem fazer diversos filtros para uma análise mais profunda. Um desses filtros permite visualizar as páginas de destino que mais participaram de conversões no site. Isso vai permitir definir pautas com foco maior em assuntos de maior interesse e com isso obter melhores resultados no SEO.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Share This

Copy Link to Clipboard

Copy