Marketing Digital para Clínicas – 7 Dicas de SEO

O marketing digital para clínicas é o conjunto de estratégias, campanhas e ações que tem como objetivo posicionar a clínica nos canais digitais, atraindo público qualificado e clientes, gerando leads e auxiliando no relacionamento com clientes. O marketing digital utiliza diversas ferramentas e metodologias que podem ajudar a gerar bons resultados. O SEO é o conjunto de estratégias e metodologias para o posicionamento do site da clínica nos resultados orgânicos do Google, atraindo um grande volume de tráfego qualificado.

É importante saber que existem diversas estratégias digitais para clínicas e que aqui vamos disponibilizar algumas dicas, que podem até parecer básicas mas que envolvem diversos recursos como ferramentas, metodologias e em alguns casos uma alta complexidade na análise de resultados e inteligência estratégica para geração de insights de reposicionamento. Aqui no blog disponibilizamos diversos conteúdos que podem ajudar você a se aprofundar no conhecimento de marketing digital.

1ª Dica – Como descobrir as melhores palavras-chave para SEO para clínicas

Uma estratégia de SEO deve ter o foco na produção de conteúdos relevantes e que podem gerar impacto positivo na atração de novos clientes. Todo o conteúdo para SEO deve incluir palavras-chave importantes que são utilizadas para buscas no Google pelos possíveis clientes.

Para ajudar a descobrir essas palavras-chave você pode iniciar definindo os tópicos e subtópicos do conteúdo. Organizar o conteúdo dessa forma ajuda no SEO uma vez que palavras-chave importantes ficam destacadas nos tópicos e subtópicos. Por mais amplo que seja o assunto, é importante estruturar o conteúdo dessa forma, assim você consegue profundidade no conteúdo além de facilitar a leitura, deixando a mesma mais fluida e organizada.

Agrupe as palavras-chave necessárias por tópico. Comece com aquelas que vem mais fácil a sua cabeça e depois utiliza o Planejador de Palavras-chave do Google Ads para auxiliar a descobrir palavras-chave relacionadas e com bons volumes de busca. Com essa estrutura e grupos de palavras-chave organizados é hora de produzir o conteúdo.

Outra ferramenta bem legal que pode ajudar você a identificar palavras-chave relevantes e ainda organizar elas de uma maneira visual mostrando como elas se relacionam é a answerthepublic.com – veja alguns exemplos de uso da ferramenta para clínicas de cirurgia plástica.

SEO para Clínicas - Produção de conteúdo para SEO

SEO para Clínicas - Produção de SEO

2ª Dica – Como descobrir a densidade de palavras ideal para os conteúdos em SEO

O segundo passo para produzir conteúdos para SEO é identificar a densidade ideal de palavras. Você pode fazer uma análise detalhada dos concorrentes nos resultados orgânicos. Eu faço uma cópia de todo o texto do conteúdo, depois coloco ele em um doc do Google Docs, e em seguida utilizo a ferramenta de contagem de palavras. Faço isso com as primeiras páginas de resultados orgânicos. Assim consigo estabelecer uma média ideal de densidade do conteúdo para que ele seja competitivo frente aos concorrentes.

Se possível aumente consideravelmente o volume total do conteúdo. É uma oportunidade de criar algo mais profundo e denso que os conteúdos dos concorrentes. Vale a pena esse esforço, uma vez que o conteúdo se posicione entre os primeiros os concorrentes terão que subir a régua de investimento em SEO para recuperar posições e isso pode garantir um tempo maior nos primeiros resultados orgânicos.

3ª Dica – Construindo uma trilha de conteúdos para SEO

Devemos lembrar que a tomada de decisão de compra on-line e aqui estamos incluindo varejo e serviços, passa por um processo. Dificilmente tomamos uma decisão logo na primeira busca. Existem etapas que nos levam a avançar até uma tomada de decisão. Quando desconhecemos marcas ou empresas que possam resolver um problema ou realizar um desejo estamos na etapa de reconhecimento de marca, onde além de identificar novas marcas também vamos guardando referências em nossa memória. Já num segundo momento comparamos essas marcas, seja através de avaliações, depoimentos, casos de sucesso. Selecionamos as melhores marcas, aquelas já válidas por um grupo de pessoas, e então avançamos para a decisão, onde avaliamos preço, formas de pagamento, localização, garantias, vantagens que ou vão nos fazer economizar ou um ganho extra que pode nos interessar.

Sabendo desse processo é possível planejar uma trilha de conteúdos relacionados a um tema importante para a clínica. Vamos pegar como exemplo uma clínica de cirurgia plástica que busca um posicionamento orgânico para mastopexia. Mulheres que estão buscando técnicas de cirurgia plástica para as mamas podem iniciar uma busca mais ampla, a fim de tirar dúvidas e descobrir qual técnica pode ser a ideal, então uma busca inicial como: “Quais são os tipos de cirurgia para mama?”, “Cirurgia plástica para os seios” ou “cirurgia para levantar as mamas” pode auxiliar na identificação das diversas técnicas. Já em um segundo momento buscas como: “Como é a cirurgia de mastopexia?”, “Recuperação no pós-operatório de mastopexia”, ou “Quem pode fazer mastopexia?” Podem ajudar ainda no reconhecimento mas já auxiliam na consideração uma vez que tiram dúvidas mais diretas da pessoa. Outros conteúdos que podem ajudar na etapa de consideração podem falar de casos, como: “Como a mama fica após a mastopexia?” ou “Quais problemas podem ocorrer após a mastopexia e quais cuidados?”. É importante frisar de não detalhar casos de pacientes expondo nomes ou fotos, preservando a privacidade de pacientes. Já na etapa de decisão tópicos como: “Como planejar sua mastopexia” ou “Como planejar a recuperação no pós-operatório de mastopexia” pode ajudar a contextualizar a clínica como uma referência no planejamento da cirurgia plástica.

O principal objetivo é pensar nos diversos caminhos que uma pessoa percorre até tomar uma decisão, quais as palavras-chave pesquisadas a cada momento, o porquê de cada busca e com isso planejar uma trilha que conduza a pessoa até a decisão.

4ª Dica – SEO + Inbound Marketing para Clínicas

O inbound marketing atua na geração de leads e vendas utilizando diversos tipos de conteúdo em diversos canais digitais, seja: email marketing, redes sociais, sites e resultados orgânicos. O inbound utiliza recursos de automação de marketing para registrar o comportamento e interesse do público, seja rastreando eventos ou conversões por formulários, por exemplo.

O SEO é um grande canal de aquisição de leads e vendas, por isso pensar em formas de converter o público que chega ao site é importante. Uma boa maneira de fazer isso é utilizando materiais baixáveis que realmente sejam úteis para as pessoas. Um material rico com dicas exclusivas do cirurgião plástico pode ser um exemplo, assim como a inscrição em uma trilha de conteúdos exclusivos para pessoas inscritas.

Esses pontos de conversão podem ser embedados dentro dos conteúdos bem posicionados nos resultados orgânicos.

Existem diversas ferramentas de automação de marketing que podem ajudar no inbound marketing. Busque por ferramentas de email marketing, muitas disponibilizam funcionalidades para criação de formulários de conversão, que atualizam automaticamente o cadastro em uma base de contatos.

5ª Dica – SEO On-Page para Clínicas

A velocidade de acesso ao site pode ser determinante para o sucesso do SEO. Páginas com carregamento lento perdem grande parte do tráfego orgânico. A busca por acesso à informação de forma rápida se tornou vital para o posicionamento digital dos negócios. Buscar soluções de otimização on-page é necessário e o SEO pode ajudar nisso, identificando páginas com volume alto de acesso, com taxa de engajamento baixa e tempo de permanência na página muito baixo ou zero.

Recursos de compactação gzip e brotli podem ajudar a reduzir consideravelmente o tempo de carregamento das páginas do site. Otimização de imagens também ajudam muito, reduzindo consideravelmente o tempo de carregamento de páginas importantes.

O SEO On-Page possui diversas técnicas para auxiliar no posicionamento orgânico. Seria impossível esgotar todas as possibilidades aqui, mas disponibilizamos um conteúdo muito completo que pode ajudar você com o SEO On-Page da clínica.

SEO On-Page – Sem Mistérios! O que é? Por que fazer? Como fazer?

6ª Dica – Como conseguir os primeiros backlinks para SEO

Backlinks são links de referência para urls do site. Os backlinks podem exercer grande impacto no posicionamento orgânico do site e a geração de backlinks deve ser levada em conta nas estratégias de SEO. O ideal é que esses links sejam adquiridos de forma orgânica, através de conteúdos externos linkando para conteúdos do site. Essas referências geralmente dependem de tempo e de uma construção de autoridade, mas existem formas de gerar backlinks que podem ajudar ao longo do tempo no posicionamento orgânico.

Redes sociais que indexam bem no Google podem ser utilizadas, como publicações em fanpages no Facebook, Tweets. Mas o Pinterest pode ser um ótimo canal de compartilhamento que pode gerar bons backlinks. A dinâmica da rede social facilita o compartilhamento dentro da rede ajudando na construção de autoridade dos perfis e consequentemente do site da clínica.

7ª Dica – Como saber se o SEO está gerando resultados

Todo esforço em SEO deve ser avaliado. Para isso é necessário ter conhecimento prévio de métricas de performance orgânica e métricas de comportamento do tráfego orgânico no site. Ferramentas como Google Search Console e Google Analytics podem ajudar você nessa tarefa.

Não esqueça do comportamento de compra on-line. Isso ajuda você a definir quais métricas e KPI’s ideais para cada momento da jornada. Conversão pode ser uma métrica para a etapa de decisão e não para etapa de reconhecimento ou consideração de marcas. Ter esse cuidado garante que os conteúdos sejam avaliados de forma correta e assertiva.

Métricas como impressões, cliques nos resultados orgânicos, taxa de engajamento das páginas, tempo médio na página, média do volume de páginas visualizadas por usuário, são exemplos que podem ajudar a avaliar conteúdos com resultados orgânicos para as etapas de reconhecimento e consideração de marcas. Volume de conversões em formulários de contato e download, cliques em botões de chat e whatsapp podem servir como KPI’s de sucesso para a etapa de decisão.

Se as metas estiverem configuradas da forma correta no Google Analytics é possível verificar os caminhos percorridos pelos usuários até o momento da conversão e com isso identificar em quais momentos da jornada determinado conteúdo influência, permitindo com isso planejar os conteúdos para SEO de forma assertiva, gerando ótimos resultados. Esses relatórios ficam disponíveis em Conversões e relatórios de Funis multicanal.

Conclusão

Existem outras dicas de SEO que compartilhamos aqui no blog, mas estas podem ajudar você a iniciar as estratégias de SEO para clínica. Vale reforçar a necessidade de medir os resultados em todas as estratégias de marketing digital, a fim de identificar campanhas e ações que geram resultados efetivos. Marketing digital sem análise profunda de resultados pode se tornar um tiro no escuro e isso reflete nos investimentos de cada canal digital.

Acompanha o blog para ficar por dentro mais conteúdos de SEO.

Solicite o contato e tenha um mês gratuito de planejamento SEO + Google Ads para clínicas

    Leave a Reply

    Your email address will not be published.